segunda-feira, 31 de outubro de 2011

World Conquerors

Conquiste o mundo com os grandes comandantes da história.
World Conquerors é mais um projeto cujos recursos estão sendo levantados pelo Kickstarter. O designer é de Jeff Siadek (Battlestations e Lifeboat) que criou o jogo para um a quatro participantes. 
O jogo dura quatro turnos e, cada participante utiliza dados e cartas de suporte que adicionam modificadores. Cada jogador recebe cartas de acordo com o personagem escolhido, como Erik, o Vermelho que pode fazer ataques navais sem suprimentos ou Stalin que pode usar assassinato para eliminar inimigos.
Apesar de seguir a linha dos wargames de conquista global, o jogo tem caracteristicas próprias como:
  • Curto tempo de jogo - Os quatro turnos de jogo duram cerca de uma hora.
  • Não há eliminação de jogadores - A cada turno, cada jogador recebe um novo comandante, independente do destino do anterior.
  • Combate de resolução rápida - Há apenas uma tropa por território o que torna as batalhas simples e rápidas.
  • Não a posição perdida - suprimentos são baseados em tempo e território, assim, é possível reorganizar um império a partir de um território a qualquer momento do jogo.

Locke & Key: The Game

Depois do sucesso de Arkham Horror e Mansions of Madness, mais um jogo as abordar os Mythos.
Mantendo o clima de Halloween vamos falar um pouco sobre o anúncio da IDW Publishing (editora do quadrinho) e da Cryptozoic Entertainment sobre o lançamento de Locke & Key Game. Gabriel Rodriguez, desenhista da HQ já havia comentado sobre o jogo no final de setembro pelo Twitter, mas o anúncio oficial aconteceu durante a New York Comic Con, este mês. A notícia, infelizmente, acompanhou o cancelamento da série de TV baseada no quadrinho, que não passou do episódio piloto.
Em um ano com diversos lançamentos de peso na área de jogos com temática de terror e, principalmente de cenários baseados nas obras de H P Lovecraft. Locke & Key: The Game é uma aposta segura da Cryptozoic na tentativa de se firmar como um dos nomes fortes entre os fabricantes de jogos americanos. Vale lembrar que a empresa lançou recentemente o jogo de tabuleiro oficial da série The Walking Dead
Apesar de ainda não ter divulgado imagens dos componentes, a fabricante do TCG World of Warcraft, já antecipou que o jogo será Card Game, a edição básica terá mais de 150 cartas, incluindo cartas especiais de chaves, baseadas nas chaves da série, que permitirão estratégias especiais aos jogadores que as obtiverem durante as partidas. 
O jogo será para 3 a 6 jogadores e será recomendado para maiores de 14 anos, provavelmente devido a temátiica aboradada no jogo.

10 Jogos Para o Halloween

Bruxas, vampiros, zumbis e muitos monstros. Comemore o Halloween jogando com os amigos e a família.
Mansions of Madness 
Horríveis criaturas e presenças espectrais espreitam mansões abandonadas, criptas decrépitas, monastérios assombrados e prédios insalubres na cidade de Arkham, Massachusetts. Nestes lugares assustadores, conspirações negras são tramadas por cultistas ensandecidos. Cabe a um grupo de bravos investigadores explorar esses lugares amaldiçoados e acabar com essas terríveis ameaças antes que seja tarde demais. Essa é a premissa básica de "Mansions of Madness", um jogo de tabuleiro da Fantasy Flight Games (FFG) inspirado na obra de H.P. Lovecraft e no Mythos de Cthulhu. 

Ghost Stories
Neste jogo da Asmodee, os jogadores controlam personagens que são monges peritos em exorcisar espectros, fantasmas e outras aparições sobrenaturais!
Muitos morreram para pôr fim ao reinado de terror de Wu-Feng, Senhor dos Nove Infernos. A urna funerária com as suas cinzas foi enterrada no Cemitério de uma vila do Império Médio. Desde então, passaram-se muitos anos e os vivos esqueceram-se de seu legado sangrento.
Escondido nas profundezas do Inferno, Wu-Feng não se esqueceu de nada. A sua busca implacável deu frutos e localizou a sua urna. Os pacatos habitantes do Império Médio não estão conscientes do perigo que paira sobre elas. Felizmente, os Fat-Si (monges Taoístas) estão em alerta, vigiando e controlando a fronteira entre os mortos e vivos. Com a sua coragem, fé e poderes místicos tentarão devolver ao Inferno a encarnação de Wu-Feng.

sábado, 22 de outubro de 2011

Kickstarter


Para quem não conhece, esse é hoje o melhor expoente sobre o fenômeno crowdfunding no mundo.
Atualizado dia 7/4/2012
Em português algo como Financiamento coletivo ou Financiamento colaborativo, o crowdfunding é a obtenção de capital para projetos através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa. O próprio site  descreve o projeto como um "Sistema de Penhor Limite".
O sistema Kickstarter foi fundado em abril de 2009 por Perry Chen, Yancey Strickler e Charles Adler. Em pouco mais de dois anos de funcionamento já arrecadou 75 milhões de dólares para mais de 10 mil projetos de sucesso. A porcentagem de sucesso e de 44%.
A lógica do site é simples:  Qualquer um pode enviar seu projeto. O Kickstarter avalia a qualidade e vê se ele se encaixa no perfil criativo dos projetos que vão para o site. Caso aprovado, é definida uma quantidade de dinheiro, o prazo (de 1 dia até três meses) e recompensas para os doadores, e o projeto vai ao ar. Se for levantada toda a grana pedida dentro do prazo, o dono da ideia fica com ela. Neste caso o site cobra 5% de comissão pelo serviço. Caso a meta não seja atingida o dinheiro não é debitado da conta dos incentivadores.
É proibido pedir dinheiro e oferecer um retorno financeiro. E pedir financiamento para a caridade, ou para qualquer tipo de despesas de negócio, como aluguel.
O projeto contempla as mais diversas formas de empreendimento, de geração de energia solar à publicação de livros e projetos científicos.

Forgotten Planet e Upon a Salty Ocean

A editora italiana Giochix Edizioni lançará dois novos jogos em Essen.

Upon a Salty Ocean 
No início do século XVI, a cidade francesa de Rouen é o principal porto daquele país. A base da economia é a pesca e o comércio de peixe salgado. O sal produzido em minas é carregado em navios e usada na conservação do arenque e do bacalhau pescado no oceano Atlântico.
Os jogadores são mercadores da cidade e devem investir em navios e construções para tentarem se tornar ricos. Quem será o comerciante mais rico da cidade quando Francisco I da Françavisitar a cidade?
Cada jogador começa a partida com uma caravela carregada com três barris de sal, uma mina e 10 a 16 moedas. A partir disso, tem cinco turnos de jogo. O turno é dividido em três fases.
Na fase de evento o valor dos barris é ajustado de acordo com os tiles de evento que representam o clima e as condições que irão regular o restante da turno.
Na fase de ação, os jogadores tem opções como: comprar minas de sal, comprar barcos, pescar, vender no mercado. As ações podem ser executadas diversas vezes e o custo é igual ao número de vezes que a mesma ação já foi executada no corrente turno.
Na fase final, os jogadores produzem sal nas minas, usam habilidades especiais, etc.  
Upon a Salty Ocean é um jogo de Marco Pranzo com arte de Lamberto Azzariti (De Vulgari Eloquentia e Rio de la Plata) . O jogo pode ser disputado por dois a quatro participantes com idade  a partir de doze anos e tem duração média de 120 minutos.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Nile Deluxor

Um jogo sobre agricultura no Egito Antigo.
Nile é uma criação de Daniel Callister e James Mathe (Those Pesky Humans!). Cada partida pode ser disputada por dois a seis jogadores e dura, em média 30 minutos. A idade sugerida é a partir de 8 anos. A arte de Chuck Whelon produziu carta que imitam as ilustrações egípcias e tornam o jogo bem agradável visualmente.
Nile Deluxor é divulgado pelo fabricante como uma expansão do jogo Nile, mas muitos tem se referido a ele como uma substituição ao jogo antigo, já que ele trás tudo que o antigo tem e mais uma expansão (Parecido com a versão de Citadels da Fantasy Flight, que já vem com a expansão: Dark City).
O jogo simula as plantações e colheitas no Antigo Egito. É claro que o Rio Nilo transbordará e alagará suas margens, logo você deve se esforçar em colher mais do que seus oponentes para não perder sua safra.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Eaten By Zombies - Prévia

Seth Hiatt da Mayday Games informou que a primeira impressão de Eaten by Zombies está esgotada.
As duas mil cópias foram vendidas antes mesmo que a companhia recebesse o material. A segunda impressão já foi encomendada e deve estar disponível para venda nas lojas a partir de dezembro.
A Mayday Games recebeu US$47,874 para financiar a primeira impressão pelo site Kickstarter.com, que vem se tornando cada vez mais uma poderosa ferramenta de divulgação de designers independentes.
Eaten by Zombies, com arte de John Huerta e um designer de embalagem que lembra uma caixa de balas, o jogo é o tipo de projeto ideal para a plataforma do Kickstarter.
O jogo é uma criação de Max Holliday, um fã de filmes de zumbie e compartilha elementos com filmes como "Eu sou a lenda" (a versão dos anos sessenta, não a com Will Smith) e da série "The Walking Dead". Além das referencias mais obvias o jogo tem algumas inovações dentro do atual formato de jogos de montagem de baralho (deck-building).

domingo, 16 de outubro de 2011

Rocket Jockey

A Mayfair Games anunciou para fevereiro de 2012 o lançamento de Rocket Jockey .
O jogo é uma criação de James Spurny e pode ser jogado por dois a quatro participantes com idade a partir de dez anos.
O cenário do jogo é o nosso sistema solar, cento e cinqüenta anos no futuro. A raça humana colonizou todos os planetas e as diversas colônias são conectadas através de um sistema de rotas de naves guiados por intrépidos pilotos conhecidos como Jóqueis de Foguetes (Rocket Jockey). Em suas viagens competem entre si para ver quem faz as manobras mais arriscadas, a maior entrega de carga e visita o maior número de planetas.
Vence o jogador que entregar a maior carga no menor tempo.
O jogo será composto de :
  • 9 cartas de destino,
  • 27 cartas de carga,
  • 32 cartas de manobra,
  • 4 cartas de auxilio, 
  • 2 cartas alienigenas, 
  • 16 cartas de bonus, 
  • 1 marcador de foguete.

sábado, 15 de outubro de 2011

War Of The Ring Está de Volta

Ares Games anunciou para novembro o relançamento de War Of The Ring.
Esgotado há mais de um ano o jogo chegou a ser vendido por mais de US$ 100,00 em sites de leilão como o Ebay. Agora a Ares Games traz o título devolta as prateleiras no próximo mês, além de lançar um upgrade, um estojo com sleeves (os protetores plásticos) e uma caixa para guardar as cartas do jogo.
War of the Ring segue o enredo da trilogia "O senhor dos Anéis" de JRR Tolkien, onde os jogadores assumem o papel de membros da Sociedade do Anel, tentando destruir o Um Anel, ou de Sauron e seus asseclas tentam trazer as trevas sobre a Terra Média.
The War of the Ring: The War of the Ring é um jogo de tabuleiro de estratégia que permite aos seus jogadores mergulhar no mundo de O Senhor dos Anéis e experimentar sua dramática ação, conflito épico e personagens memoráveis.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Zong Shi


Numa grande cidade da China Medieval, vários artesãos talentosos em diversas áreas, almejam se tornar Zong Shi: o Grande Mestre Artesão.
Gryphon Games anunciou o novo jogo de Kevin G. Nunn (Duck! duck! Go!) que está sendo financiado pelo projeto Kickstarter. Nunn já trabalhou lançou outros jogos pelo Kickstarter como: Rolling Freight e 1955: The War of Espionage.
Para vencer você deve impressionar os moradores da cidade com suas perícias.
Em Zong Shi há várias estratégias possíveis: os jogadores podem ampliar suas oficinas ou tornar-se especialista em um determinado material; podem criar um grande número de pequenos projetos ou tentar criar uma obra-prima.
O jogo usa as mecânicas de posicionamento de trabalhadores (worker placement), gerenciamento de recursos (resource management) e escolha de cartas (Card Drafting), além de um deck com cartas de ação que pode proporcionar tanto obstáculos quanto oportunidades aos participantes.
No inicio da partida as cartas de projeto (oito tipos, cada um com um poder especial) e projetos de obras magistrais (apenas três por vez) são dispostas no tabuleiro.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Super Showdown

Em algum lugar, no coração da cidade, um vilão está aperfeiçoando o seu plano maligno. Sua obsessão: derrotar com o patrulheiro bonzinho da cidade e se tornar o líder que os fracos e inocentes habitantes não escolheram para si. 
Enquanto isso, de cima do mais alto arranha-céu, o héroi espreita, com seus sentidos afiados como navalhas, atentos ao menor sinal de perturbação da ordem. A ambientação: As era de Ouro e de Prata dos quadrinhos - Esse é o mundo de Super  Showdown!
Super Showdown é um card game para dois jogadores, que leva seus participantes a uma típica batalha herói-vilão na era clássica dos quadrinhos. As regras são fáceis de aprender, e surpreendem pela profundidade que possibilitam a um jogo tão pequeno. Cada participante recebe 9 cartas com detalhes verdes ou brancos (branco para cartas heróicas e verde para cartas de vilão), e números que determinam o poder da carta. Se você possuir mais cartas brancas, é um herói, caso contrário, você é o inimigo da lei que deve ser combatido.
O tabuleiro - Uma cidadezinha movimentada
Os jogadores então colocam seus marcadores de herói/vilão no espaço inicial do tabuleiro e se preparam para os combates (obs.: os marcadores são Meeples! - ou devo dizer um Heeple e um Veeple?). A cada rodada, o jogador inicial joga o dado da sua cor e o coloca próximo do número e cor correspondente no tabuleiro. Eles podem se mover até dois espaços (3, se eles começarem a rodada em um Powerboost). Então, cada um escolhe uma carta de sua mão e a põe virada para baixo sobre a mesa; Essa carta é usada posteriormente no confronto. O segundo jogador joga o dado, o põe no tabuleiro e se move.

Risk Legacy

A nova versão do jogo da Hasbro vai dar o que falar.
Por Sarah Gabriela
E se as decisões que você tomou em uma partida de Risk hoje influenciassem em cada vez que você jogasse depois? Essa característica única é o foco de Risk Legacy.
Amado por alguns. Odiado por outros. O Risk (e seu derivado brasileiro, o War) tem dividido opiniões há anos, principalmente nas últimas décadas quando os designers europeus reformularam a cara do mercado de jogos de tabuleiros. Nesse novo cenário, o Risk passou a ser associados com os principais defeitos do grande mercado de jogos mundial: falta de inovação, versões que nada acrescentam ao jogo, marketing agressivo em datas como natal e dia das crianças; tudo isso para camuflar a falta de interesse das grandes empresas do ramo em investir em inovação.
Essa versão do wargame mais famoso do mundo tem tudo para mudar isso (ou não).
O jogo tem o formato (revolucionário?) de uma campanha de 15 partidas, onde mudanças permanentes são feitas no tabuleiro, deck de cartas e até no manual. Após as primeiras 15 partidas, Risk Legacy está completamente customizado baseado na história que você e seus amigos estabeleceram, e a partir de então vocês poderão jogar a sua versão única do jogo quantas vezes quiserem.
Mas como, exatamente, se customiza um jogo de tabuleiro?

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Mundus Novus

Mais um lançamento para Essen
Espanha, Século 16. Você é o proprietário de um poderoso navio em busca de riquezas no recém descoberto Mundus Novus. 
Seu objetivo e usar suas caravelas para coletar valiosos bens (incluindo as lendárias relíquias incas) e comercializar da melhor forma possível para ampliar seus negócios e adquirir uma fortuna.
O jogo é formado por cartas divididas em dois baralhos: um com cartas que representam dez recursos diferentes, e o outro composto de cartas que dão benefícios aos seus proprietários. 
Cada partida é disputada em rodadas divididas em quatro fases: No início de cada uma, um evento aleatório e sorteados e afeta todos os jogadores.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Eurogames Manaus na Feira do Livro do Sesc 2011

Este fim de semana com a participação da área de jogos da Euro Games Manaus.
Este ano, a feira ocorre de 06 a 08/10, com o tema ‘Caminhos e Descobertas’ e homenageando o escritor Tenório Telles. 
O projeto Feira de Livros do Sesc é uma ação de promoção da literatura e formação de leitores no calendário cultural da cidade de Manaus e de diversas localidades do País, em função da amplitude de suas programações e do seu desenvolvimento sistemático e regular. 
Uma das características da feira é a sua proposta de atendimento amplo à clientela, buscando não se restringir à comercialização de livros, e sim oferecer um leque de serviços em torno da literatura. As editoras, livrarias e bibliotecas são presenças indispensáveis na feira, não só para vender, mas também para mostrar os livros mais interessantes, a fim de que o leitor possa, com liberdade, folhear suas páginas e fazer uma leitura”, destaca Vanuza Matos, gerente de Programas Sociais do Sesc Amazonas. Segundo ela, investir na proposta da Feira de Livros do Sesc é uma oportunidade para que empresas que investem em responsabilidade social possam agregar valor às suas marcas e ao seu balanço social.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Small World Tunnels

Nova expansão de Small World será lançada em Essen
Desde o lançamento de Small World Underground que os fãs do jogo ansiavam por uma mecânica para unir os dois cenários. Agora (com uma pequena ajuda dos Gnomes) começamos a cavar! O resultado foi: Small World Tunnels, uma mini-expansão que conecta os dois tabuleiros. Com ela os jogadores podem usar cavernas e túneis para passar de um mundo para outro quando eles escolhem suas raças.

domingo, 2 de outubro de 2011

Fauna

A empresa canadense FoxMind Games anunciou recentemente que o jogo será lançado em inglês.
"Você sabe onde o panda vive? Você sabe onde o babirusa vive? Você sabe o que é um babirusa? Em Fauna, você não precisa saber todas as respostas, apenas ser perspicaz e dar bons palpites."
Fauna é um jogo de Friedemann Friese, criador de Power Grid. Ele pode ser jogado por duas a seis pessoas com idade a partir de dez anos e dura de 45 a 60 minutos.
O jogo é composto por fatos interessantes e curiosidades de 360 animais e chegou a ser indicada ao Spiel des Jahres de 2009. A arte do jogo fica a cargo de Peter Braun, Alexander Jung e Volker Maas.
Edição Italiana
A FoxMind Games, que fará a tradução para o inglês, promete ampliá-lo nesta nova edição. A primeira mudança é que o tabuleiro do jogo será dupla-face. Um lado terá as estatísticas no sistema de medidas americano (pés, jardas, libras, etc) e o outro com unidades do sistema métrico.

McLoughlin Bros

A empresa de Nova Iorque foi uma das primeiras a desenvolver, em escala industrial, brinquedos e jogos infantis.
A McLoughlin Bros teve sua origem na pequena editora fundada em 1928 por John McLoughlin e seu sócio Robert H. Elton.
McLoughlin  e seu sócio trabalharam até 1850, quando se aposentaram deixando a frente a empresa seu filho John McLoughlin Jr (1827-1905), que já trabalhava na editora desde sua fundação.
A partir de 1855 ele tornou o irmão Edmund McLoughlin (1833 -1889) sócio e juntos começaram a expandir a linha de produtos e fabricar brinquedos, bonecos de papel, quebra-cabeças e jogos.
No período de 1858 a 1920 foi uma grande produtora de brinquedos e jogos, tendo sido pioneira na utilização de diversas técnicas inovadoras na coloração de seus produtos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...